GRUPO SOCIALIZANDO

Início » Um poema e uma tela » SOLSTÍCIO* DE UMA ALMA

SOLSTÍCIO* DE UMA ALMA

Anúncios

no início era um verbo: amar!

em pouco tempo já o deleite;

sonetos e cantos e outros… azar!

tudo ceifado, joio e trigo aceite!

 

do nada, sepultado o sonho do Lar.

alegria de pobre… puro enfeite.

durou uns dias o eterno esperar,

levou uma vida, vou dizer: amei-te.

fases

mas como é sublime a obra de minha costela,

feitura em complemento. sua Fonte revelada,

me recria num eterno doar-se!

 

não há maior nem menor, só diferença;

a hierarquia é anárquica, cansa o que pensa

demais e não se sabe entregar-se!

 

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

diêgo melo oliveira, 21/12/2016

 

tela: Copyright © Juliaro http://palomailustrada.blogspot.com.br

 

*Solstício de Verão é um fenômeno da astronomia que marca o início do Verão. É o instante em que determinado hemisfério da Terra está inclinado cerca de 23,5º na direção do Sol, fazendo com que receba mais raios solares.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: