GRUPO SOCIALIZANDO

Início » Entrevistas » Projeto de conscientização atua na causa animal, promoção de esportes e cursos em bairros de Fortaleza

Projeto de conscientização atua na causa animal, promoção de esportes e cursos em bairros de Fortaleza

Anúncios

Com o objetivo de propagar aos cidadãos de Fortaleza, os trabalhos existentes na cidade, engajados e compromissados com a construção de melhorias sociais, o Blog Socializando entrevistou Marcel Girão, fundador do Projeto Fortaleza Consciente, para expor o trabalho de conscientização que é desenvolvido.

Blog Socializando entrevista Marcel Girão, fundador do Projeto Fortaleza Consciente.

Confira a entrevista realizada por Felipe Feijão

BLOG SOCIALIZANDO – Como surgiu o Projeto Fortaleza Consciente?

Marcel Girão – Eu sempre tive dentro de mim uma vontade de querer mudar a sociedade. Aquela coisa de jovem sonhador que quer mudar o mundo e recentemente eu percebi que a cidade de Fortaleza estava se transformando, passando por várias mudanças e sempre acontecia de a população não estar conseguindo se adequar a essas mudanças. A gente via motociclista em faixa de ciclista, carros que não respeitam faixa de pedestre, praças reformadas que a população não preserva. Então eu percebi que estávamos avançando com mudanças em nossa cidade, mas a população não acompanhava no comportamento para poder zelar pela nova cidade que estava surgindo. Então eu senti a necessidade de conscientizar as pessoas. Muita gente fala que se fosse um país de primeiro mundo, as pessoas não agiriam da forma que agem aqui. Aí eu pensei, que tal a gente começar a mudar a consciência das pessoas, porque começando a mudar a consciências das pessoas tudo o mais começa a mudar e melhorar. O convívio entre os cidadãos começa a melhorar. O nosso convívio com a cidade começa a melhorar e assim a gente se sente parte da cidade, uma vez que iremos para os espaços públicos, e quanto mais o espaço público é ocupado por pessoas de bem mais a bandidagem se afasta daquele lugar. Essa é a importância da conscientização das pessoas porque elas se relacionarão melhor com a cidade e entre si.

BLOG SOCIALIZANDO – Quais as áreas de atuação do Projeto? Que tipos de trabalhos são desenvolvidos?

Marcel Girão – As áreas de atuação do Fortaleza Consciente são todas as áreas que percebemos que são capazes de conscientizar as pessoas. Por exemplo, educação no transito, como se comportar de forma mais consciente no transito; tem a área de educação, nós temos vários cursos de capacitação. Eu, por exemplo, que sou fundador do Projeto dou cursos de matemática, de educação no transito; temos atividades de esportes, que é uma ocupação de esportes nas praças, por exemplo, aulas de box nas praças, aulas de jiu jitsu; e ao mesmo tempo que ensinamos o esporte para a juventude nós também transmitimos informações de conscientização. Além disso, estamos começando agora exposição de arte nas praças com o Projeto Quatro Olhares e estamos provendo essa ação em várias praças de Fortaleza, são exposições artísticas aqui da nossa terra que poderão ser expostas nas nossas praças, é um acesso à arte no espaço público, porque nem sempre a população vai até o museu, então essa é uma maneira de levar a arte até as pessoas. Temos também um trabalho fundamental de que é de conscientização da proteção aos animais, porque nós seres humanos sabemos nos defender, sabemos falar, sabemos quais são os nossos direitos. Já os animais não, eles tem o direito a vida, mas eles não conseguem se defender, porque eles precisam que nós olhemos por eles e falemos por eles.

Nós marcamos presença no abrigo São Lázaro, que é o maior abrigo de Fortaleza, tendo aproximadamente 600 animais. Desde 2011 eu frequente o abrigo como voluntário. E no Fortaleza Consciente esse trabalho de defender os animais é fundamental.

BLOG SOCIALIZANDO – O trabalho do Projeto está em quais bairros de Fortaleza?

Marcel Girão – Nós marcamos presença onde temos viabilidade. Se a gente conhece uma pessoa que tem uma necessidade em um determinado bairro e existem meios viáveis para que o nosso trabalho aconteça em parceria com a localidade pode entrar em contato conosco que marcaremos presença. Ou acontece de nós mesmos sabermos de um local que precisa e que é possível realizar um trabalho, então nós vamos até lá, conversamos com a população, fazemos um levantamento e quando a demanda é suficiente a gente entra com o projeto. Até agora, graças a Deus, as demandas tem sido satisfeitas.

BLOG SOCIALIZANDO – Qual o objetivo do Projeto?

Marcel Girão – Principalmente conscientizar a população de Fortaleza, por meio da educação, por meio do incentivo ao esporte, por meio do incentivo com a identificação com a cidade. E fazer com que as pessoas tenham mais consciência do que elas são, nós somos seres que vivemos em coletividade, então precisamos aprender a conviver com o próximo e com a nossa cidade. A ideia principal do Fortaleza Consciente é fazer com que a gente se relacione melhor com o próximo e com a nossa cidade que é o que se espera de um cidadão consciente.

BLOG SOCIALIZANDO – Quais as dificuldades que o Projeto enfrenta?

Marcel Girão – Até então o nosso projeto tem crescido. Ainda não enfrentamos assim uma dificuldade grande, mas o que eu poderia falar de dificuldade é o fato de querermos nos expandir mais e precisarmos para isso de mais voluntários. Hoje muita gente quer fazer o bem e não sabe como. Às vezes é preciso só um empurrão para que as pessoas comecem a agir. Esse empurrão já foi dado. Estamos de portas abertas, para incentivos, para voluntários, para sugestões.

BLOG SOCIALIZANDO – Quais são os resultados do Projeto?

Marcel Girão – Nós já conseguimos atingir de forma direta nos nossos cursos e ações cerca de 1000 pessoas. E pela nossa página no facebook já tivemos ações e postagens que chegaram a ter 60 mil visualizações e envolvimentos com as postagens. Muitas pessoas agradecem o nosso trabalho, se emocionam com o nosso trabalho. O Fortaleza Consciente está ultrapassando nossa fronteira, pessoas de outros estados interagem conosco e isso é muito gratificante para nós.

BLOG SOCIALIZANDO – Em meio a atual realidade política do País, qual a proposta do Fortaleza Consciente?

Marcel Girão – Em relação à política, a proposta do Fortaleza Consciente é conscientizar o cidadão a votar de forma consciente, e não só votar de forma consciente, mas compreender a política de forma consciente. Quando eu falo de compreender a política eu falo de saber analisar de forma consciente os governos. O que muito se vê nos debates sobre política nas redes sociais é uma carência de qualificação, muitas coisas que não contribuem para o debate. É preciso reconhecer a qualidade do oponente, é preciso reconhecer os nossos erros. Discutir política não é a mesma coisa de discutir futebol. Qualquer gestor por melhor que seja tem algum defeito e qualquer gestor por pior que seja tem alguma qualidade. A ideia é a gente saber comparar. Não podemos comparar Fortaleza com uma das cidades mais desenvolvidas do mundo e dizer que nada que tem aqui presta. Pelo contrário, estamos tendo muito desenvolvimento aqui na nossa cidade, é preciso saber como era antigamente como é hoje. E com isso acabar com o complexo de inferioridade. É preciso tirar da discussão política a paixão e colocar um pouquinho mais de razão, mas para isso é preciso haver capacitação. Aprender a ler gráficos, conhecer e entender sobre índices econômicos, inclusive é disso também que falo no curso de matemática que dou. Hoje todo mundo tem acesso a informação no facebook, mas as vezes aparece um gráfico lá que muita gente não entende e a análise fica prejudicada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: